Assine nossa news

Estafa Profissional ou Síndrome de Burnout e suas Causas

Imagem da Internet

 Por: Linda Melo
A estafa profissional hoje é também conhecida como Síndrome de Burnout.
O termo “Burnout” é derivado de duas palavras inglesas “Burn” que significa “queimar” e “Out” que significa “fora”.  É um queimor de dentro para fora – “um vulcão”, oriundo de estímulos frequentes que levam a um alto nível de estresse, chegando à estafa, afetando assim o psíquico da pessoa.
 
A Síndrome de Burnout tem surgido principalmente nas organizações que têm uma exigência pelo cumprimento de metas severas e nas empresas cuja atividade exige atenção concentrada e difusa, constantes e simultâneas.
 
A exigência do mundo moderno de uma atuação frenética, para cumprimento de metas, sob a égide de rígidos procedimentos, tem levado os profissionais para um sistema penóptico (de aprisionamento), limitando a criatividade e, consequentemente, à ausência de sentido naquilo que estão fazendo, o que contribui significativamente para o desenvolvimento da síndrome de Burnout.
 
Atualmente, o custo emocional de uma pessoa empregada é elevado, pois além de submeter-se a este sistema em razão da necessidade de ter que arcar com os seus compromissos financeiros, ainda é mal compreendido pelas pessoas que consideram que quem tem um emprego, neste momento de escassez de oportunidades, é um privilegiado.
 
Diante disso, nota-se que o trabalho, embora fundamental para a sobrevivência das pessoas no mundo capitalista, tem sido também fonte de adoecimento.
 
Se você se identificou com esta condição, antes que a síndrome lhe domine, busque ajuda para ressignificar a sua atuação no trabalho ou, quem sabe, a sua carreira.
Pense nisto e sucesso em sua decisão!
 
Linda Melo é graduanda em Psicologia, consultora de RH e sócia da Muito Mais Seleção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *