Inscreva-se em nossa news


As 25 startups mais desejadas do Brasil

Imagem da Internet
Realizado pelo LinkedIn, o ranking Top Startups do Brasil leva em conta aspectos como interesse de profissionais e engajamento de usuários. Confira as 25 mais desejadas, segundo a rede.

As startups são lugares cobiçados para se trabalhar. Entre a possibilidade de inovar – ou de participar de uma grande inovação – e a cultura organizacional mais flexível e menos pautada na hierarquia, existe ainda uma gama de diferenças e aspectos atrativos para os candidatos a emprego.

“Uma startup inovadora é capaz de transformar indústrias, alterar modos de vida e de trabalho e orientar fluxos de talentos pelo mundo”, escreve Claudia Gasparini, editora do LinkedIn. A rede social profissional divulgou sua lista de Top Startups do Brasil.

Para a escolha das startups mais desejadas do Brasil, o LinkedIn se baseou nos dados compartilhados na rede sobre empresas com, no máximo, sete anos de existência. e que tenham, pelo menos, 50 funcionários. Além disso, todas pertencem à iniciativa privada e têm sede no Brasil. A análise foi feita a partir de quatro critérios:

  • crescimento do quadro de funcionários
  • interesse de candidatos a vagas de emprego na companhia
  • engajamento do usuários com a empresa e seus funcionários
  • nível de atração exercida pela startup sobre talentos oriundos das empresas que compõem a lista LinkedIn Top Companies
Confira a lista das 25 startups mais desejadas do Brasil!

25.  MODERN Logistics

Startup de logística e cadeia de suprimentos que aposta em transporte de cargas por aviões – e, inclusive, dispõe de frota própria – como diferencial. Segundo o LinkedIn, a MODERN Logistics tem 157 funcionários e opera quatro aviões cargueiros. A meta para 2021 é contar com 18 aeronaves.

24.  Contabilizei

Escritório de contabilidade online que atende, principalmente, profissionais autônomos e negócios pequenos e médios. Com mais de 5 mil clientes, e presente em mais de 30 cidades, a Contabilizei conta com 205 funcionários. Em 2017, foi considerada uma das empresas mais inovadoras da América Latina pela Fast Company.

23. EBANX

EBANX é uma fintech que se popularizou (tem cerca de 36 milhões de usuários) por possibilitar compras internacionais: a partir do cadastro na plataforma, o usuário consegue comprar em sites estrangeiros até por boleto bancário. Conta 383 funcionários atualmente.

22. Amaro

Companhia de moda que utiliza tecnologia em todos os seus processos. Hoje conta com 15 pontos de venda físicos, mesmo tendo seu início exclusivamente online, em 2012. Possui 360 funcionários e, só no ano passado, dobrou seu faturamento, de acordo com o LinkedIn.

21. Geru

Plataforma 100% online que concede empréstimos com juros menores do que os bancos tradicionais, a Geru tem cerca de 117 funcionários. Por ter uma preocupação prática com a representatividade feminina, hoje conta com mulheres na maioria das “cadeiras de gestão”.

20.  Rock Content

Startup que cria estratégias de marketing com foco na geração de leads de baixo custo. Para isso, conta com 20 mil redatores. Possui escritório em Belo Horizonte e no México e tem 340 funcionários.

19. Nibo

A NIbo é uma startup de contabilidade que facilita a comunicação entre proprietários de pequenas e médias empresas e seus contadores. Segundo o LinkedIn, recentemente, a companhia recebeu aporte de 20 milhões de reais e dobrou o número de funcionários, que chega a 105.

18.  ContaAzul

Outra startup do setor financeiro, que centraliza serviços de gestão para pequenas empresas, como emissão de notas e boletos. Também agiliza a comunicação com contadores. A ContaAzul tem 370 funcionários, mas depois de receber 100 milhões de reais em rodadas de investimento, planeja chegar a 500 colaboradores até o fim de 2018.

17.  Vindi

A Vindi oferece soluções digitais que facilitam cobranças e pagamentos recorrentes, junto a bancos e processadoras de cartão escolhidas pelos clientes. Segundo o LinkedIn, a startup, que tem 100 funcionários, já abarcou outras três e tem crescimento acelerado: “De 2013 a 2015, o faturamento cresceu a uma taxa anual de 300%. Em 2016, dobrou de tamanho — e repetiu a dose no ano passado.”

16.  Mercado Bitcoin

Plataforma que funciona como uma corretora de compra e vendas, só que de criptomoedas, como o Bitcoin. Hoje tem 1 milhão de clientes, mas planeja chegar a 2,5 milhões ainda em 2018. Ainda planeja, para este ano, investimento de 10 milhões de reais em TI e segurança da informação. Conta com 102 funcionários.

15.   MindMiners

Startup que especializada em pesquisa de mercado que faz uso da tecnologia para agilizar os processos, conta com 50 funcionários. Quem entra na MindMiners tem o desafio de construir um projeto com a ferramenta.

14.  Beblue

Outra das startups mais desejadas do Brasil do setor financeiro,a Beblue é do ramo de cashback. Ou seja, ela devolve parte do valor gasto pelos consumidores em lojas parceiras. Com sede em Ribeirão Preto, tem 427 funcionários.

13. Mandaê

“A Mandaê faz parte de uma nova geração de empresas de logística que usa a tecnologia para se posicionar como uma alternativa mais eficiente aos Correios”, afirma Claudia. Conta com 102 funcionários e, neste ano, recebeu 1,7 milhões de dólares em rodada de investimentos.

12. Zoop

Fintech que oferece serviço de sistemas de cobrança personalizados para marcas. Tem 85 funcionários, no entanto, após aporte de 18,3 milhões de dólares da Movile, planeja crescer 10 vezes neste ano.

11.  MaxMilhas

Startup que facilita compra e venda de passagens áreas, já negociou cerca de 12 bilhões de milhas. Conta com 260 funcionários e abrirá 100 vagas até julho de 2019.

10.  Hotmart

Plataforma que hospeda conteúdo digital, como podcasts e cursos, para quem cria, distribui e vende. Possui sede em Belo Horizonte e 315 funcionários.

9.  Sky.One Cloud Solutions

Oferece soluções para computação em nuvem para outras companhias, desde a migração de sistemas até consultoria sobre gestão de dados eficiente. Tem 75 funcionários e cresceu 126% de 2015 a 2016. Recebeu aporte de 22,5 milhões de reais.

8.  Loggi

A Loggi é uma das que compõe a lista do LinkedIn de startups mais desejadas do Brasil. A startup oferece serviço de entrega rápida de documentos, produtos e comida. Com 380 funcionários, tem objetivo de chegar a mais 13 cidades e abrir 250 vagas de emprego até 2019.

7.  CargoX

Com foco principal em conectar caminhoneiros e empresas, a CargoX também ajuda na segurança, rastreando cargas e garantindo o seguro. De acordo com o LinkedIn, a startup, que conta atualmente com 250 funcionários, tem planos para contratar mais 350 pessoas até julho de 2019.

6.  QuintoAndar

Startup que diminui as burocracias no processo de aluguel, a QuintoAndar possibilita a realização de todas as etapas pela internet, além de pagar o seguro-fiança dos clientes. Tem cerca de 350 funcionários e uma missão de dobrar o tamanho do time em 2019.

5.  Stone Pagamentos

Stone é uma fintech que propõe soluções de pagamentos, como máquinas de passar cartão. Com sede em São Paulo e presente em 300 cidades do país, afirma ter mais de 200 mil clientes ativos.

4.  Docket

A Docket facilita a busca, gestão e análise de documentos jurídicos por meio da tecnologia, mais especificamente machine learning, o que diminui a burocracia e gastos com o processo. Conta com 95 funcionários e deve recrutar mais 100 profissionais nas áreas de tecnologia, produto e vendas, segundo o LinkedIn.

3.  GuiaBolso

“App de controle financeiro mais baixado do Brasil”, o GuiaBolso é gratuito e oferece serviços de consulta de contas, organização e análise dos gastos e contratação de empréstimos. Com sede em São Paulo, e 192 funcionários, planeja personalizar ainda mais as recomendações aos usuários por meio do uso de inteligência artificial.

2.  Creditas

Fintech que faz empréstimos com juros baixos utilizando modelo digital de crédito com garantia. Possui 468 funcionários e planeja expandir a receita em 600%, em 2018.

1.  Nubank

Mais nova unicórnio do país, o Nubank figura em primeiro lugar na lista entre as startups mais desejadas do Brasil do LinkedIn. Com premissa de diminuir burocracias (e acabar com as taxas) dos bancos tradicionais,  já abriu 1,5 milhão de contas digitais, de acordo com a rede social. Conta com 1.111 funcionários e deve abrir 200 oportunidades até meados de 2019.

Fonte:  https://www.napratica.org.br/as-25-startups-mais-desejadas-do-brasil/?utm_source=PortalNP&utm_medium=PushNP#.W6o7lddKjIV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *